segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Perplexa Fase






Estarrecimento a nivel global,

Não esperado, circunstancial.

Estremecimento, dúbios, ilhas,

Acontecimento: óbito mundial.


Questionamento: urge já agir

Viroticamente e crer no porvir.

Isoladamente, vamos regredir,

Solidariamente até conseguir.


Noutra vertente, o sol a brilhar

No convite à Pandemia extirpar.

Oxalá ela se converta em ação,

Manifestação do bom coração.


A lua embelezou nossas fases,

No intuito de amar os enlaces.

Ondas ultrapassar, até vencer

Toda dor de cada amanhecer.


Sorrateiramente nos desolou,

Matreiramente, desafios vivos

Conseguimos os ultrapassar.

Unidos venceremos, avançar!

6 comentários:

  1. Roselia, muito bem versou sobre nossa atual vivência. Mantenho a fé e a esperança e que retornaremos aos nossos antigos sonhos. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo,Roselia. Realmente a perplexidade é grande com tanto acontecido nesses dias aqui e no mundo inteiro. Mas, nossa esperança ajuda! Vamos que vamos! beijos, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  3. Boa noite querida amiga Rosélia,

    Seus versos relatam com precisão esse momento crucial e inesperado que tanto nos angustiou e ainda não foi totalmente debelado, é mesmo para ficarmos impactados, mas logo Deus nos dará o livramento. Gostei imenso do poema, por demais oportuno. Bela composição!

    Bom domingo com as graças do Pai. Felicidades e muita paz.

    Bjs fraternos.

    ResponderExcluir
  4. Tomara, amiga, que tiremos boas lições de tudo isso, embora eu ande meio pessimista com a humanidade. Mas no fundo, a gente sempre tem uma esperança, senão nem seríamos poetas. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Olá querida Roselia
    Lindo e verdadeiro poema, tomara que todos pensassem assim.
    Amei esta passagem:
    "Questionamento: urge já agir
    Viroticamente e crer no porvir.
    Isoladamente, vamos regredir,
    Solidariamente até conseguir."

    Desejo-lhe uma semana abençoada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. E se amanhã tudo rodar, será porque não bastou esperança nesta vitória,
    pelo descontrole e indisciplina de que não se aprende em lição, quando
    se renega ação precisa.
    Belo texto e reflexão.
    Um bom fim de noite na paz.
    Beijo de paz amiga.

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails