sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Súplica Confiante


Senhor, sabes tudo de mim,
Ainda que o mundo me julgue,
Tu sabes da minha inocência,
Que me importa a  opinião ferina
Se Tu sabes que sou temente?
Não sou demente, sou itinerante,
Tenho sempre carinho em mim,
Não me abandones, Senhor, não me largues!
Conserve-me a intensa alegria,
Não me deixes sucumbir como glicerina!

És meu Porto mais do que Seguro,
Cuidas de mim como precioso tesouro,
Não me deixe encalhar na praia deserta,
Fazei-me sempre confiante e mais esperta,
Doi muito em mim ver gente sórdida,
Com pensamentos escusos e  mórbidos,
Tentanto minguar meu barco a remar...
Sou barco em alto mar a navegar,
Não deixo jamais de em Ti crer,
Não vou me deixar, passivamente, me abater!












Jesus, meu Porto mais do que seguro...
A Fidelidade de Deus não tem fim...

4 comentários:

  1. Olá querida Rosélia,
    Apesar das tempestades,
    quem tem Deus nunca naufraga.
    Ele jamais abandona nosso barquinho...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Linda música e em tua poesia vemos a fé...Ele nunca te deixará. Não te abaterás! beijos, chica

    ResponderExcluir
  3. Emocionante a tua súplica e ficou ainda mais jubilosa adornada por esta lindíssima música
    Beijos e um feliz dia

    ResponderExcluir
  4. Gostei da música,gostei das fotografias e adorei o poema!!

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails