quarta-feira, 18 de outubro de 2017

No Amor, Encantados!



"No dia do seu aniversário chegou pelo correio um envelope azul, tinha como remetente uma universidade, que mais tarde ao pesquisar descobriu que não existia, nem nunca existiu. Dentro do envelope tinha uma semente e uma espécie de manual que dizia: essa é uma semente muito especial, plante-a, cuide dela e ela lhe dará sombra, flores e frutos.
Não esqueça você: ela tem que ser podada sempre que necessário, ser adubada, principalmente regada. Não esqueça de cumprir essas exigências.
Embora tenha achado estranho, fez o que devia plantou a semente num vaso e, para sua surpresa, ela cresceu muito rápido, tendo que ser transplantada para o jardim, onde cresceu, floresceu e frutificou em tempo recorde.
Se transformou numa árvore frondosa, com uma bela sombra, todos os dias sentava embaixo da árvore, sentia o perfume de suas flores, comia dos seus frutos, a árvore atraia muitos pássaros, e como se sentia feliz só em sentir o perfume das suas flores, que não importava a estação estavam lá, assim como seus frutos. Só podia ser mágica.
Com o tempo foi relaxando, não podava, pouco adubava, até regava com menos frequência, afinal ela estava sempre tão verde, florida e cheia de frutos. Um dia ao acordar e olhar pela janela como sempre fazia, sua bela árvore tinha virado um monte de galhos ressequidos.
As exigências deixaram de ser cumpridas, e a magia sucumbiu.
Assim é o desencanto, ele vai se instalando aos poucos, principalmente no amor, que como uma plantinha que tem que ser cuidada com muito carinho, para criar raízes fortes para ser sustentada, florescer e frutificar, não podemos descuidar senão ervas daninhas, pragas vão matá-la.
O amor é a razão maior para a vida, acredito que nascemos e vivemos para aprender a amar, esse é o sentido da vida. Amar os pais, irmãos, filhos, amigos, e o amor romântico que permite que aconteçam os outros tipos de amores, esse é o mais importante, por isso o encantamento. O desencanto acontece principalmente por desatenção. Amar e ser amado é a maior dádiva que recebemos em vida, pena que tolos que somos, na grande maioria das vezes nem o percebemos. Feliz aquele que viu o encantamento, viveu, e cuidou para que o desencanto não se instalasse. Afinal já nos basta o desencanto com a nossa sociedade. Que no amor continuemos encantados."




Sou aquela estrela que por milhões de anos brilhou
Mas por um mero desencanto, não mais o fez.
Por não querer e não mais poder.

(Felipe Andrade)




Faz-me ser feliz!

2 comentários:

  1. PENSO ASSIM TAMBÉM SOBRE O AMOR E NO MEU POST HOJE FALO DO MEU ENCANTAMENTO! ADOREI LER ! BEIJOS!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde minha Amiga,
    Uma historia muito bela que reflecte bem como tudo tem de ser tratado com carinho e amor.
    Tal como a natureza, o amor necessita ser bem cuidado.
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails