sábado, 29 de abril de 2017

Fim do Ilusório




Acordo para a vida,
Vivia adormecida,
Sem dar valor ao sopro de vida animador...

O ilusório fim do caminho
Agarrava-se à minha vida, 
Com unhas e dentes...

Tenho poder de decisão,
Minha cabeça é pensante,
Retomo minha infância...

Sorrio com sorriso aberto,
Sem medo de ser feliz,
Tenho mais intensidade no que faço...

Dou valor à qualidade de vida,
Colho frutos plantados,
É meu melhor momento!

Minha sensibilidade fica à flor da pele!
Tenho semelhança às ondas do mar 
Em minha memória...

Abandono, de vez, à mediocridade...
Penso mais nos outros 
Do que em mim...

O medo vai para terceiro plano
Limpeza total,
Vivo mais intensamente...

Aproveito tudo o que a vida me oferece,

Ultrapasso obstáculos... 
Problemas... limitações...

3 comentários:

  1. Linda poesia e que bom quando tudo ultrapassamos pela vida e ainda temos a vontade de viver! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga. A vida sempre segue. Dei uma sumida, mas aos poucos estou retornando ao bailar das ondas. Muitos já sabem o motivo do meu afastamento: Papai do Céu chamou minha mãezinha para brincar no infinito e, aos poucos vou voltando a vida, seja ela dentro ou fora da tela. O motivo de eu vir aqui é para te convidar para junto comigo neste momento de dor fazer uma grande festa para minha mãezinha e todas as mães do mundo. E como será esta festa? Da forma que a Lindalva blogueira faz há anos. No meu Simplesmente Lindalva está explicado como, quando e onde. Beijos doces no teu ♥ (DESCULPE É UM CONVITE COPIA E COLA, NÃO PODERIA SER DE OUTRA FORMA.
    http://sereia-lindalva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Uma vida maravilhosa, Amiga.
    Saúde e continuação de boa disposição.
    Uma semana muito agradável...
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails