sábado, 22 de abril de 2017

Agruras


Sentimentos misturados,
Condoído coração,
Tristonho...

Ao grau máximo,
Por inúmeras vezes,
Incompreendido...

Decepção,
Olhar sofrido,
Tanta dor no ar...

Deus cura, 
Aos poucos,
Lentamente...

Experiência de morte
Um dia será 
Eternamente...

Um dia quiçá
Coração se recupere?
Difícil!

Tantas amarguras,
Incompreensões,
Na alma, lesões...

Internas,
Profundas
Demais...

Só Deus sabe!
Todos desconhecem,
Coração padece...




3 comentários:

  1. Linda e profunda e por vezes, o coração padece! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Tão nostálgico e tão belo.
    Com Deus no nosso coração as agruras da vida se tornam mais suaves e mais fáceis de ultrapassar.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  3. Triste de mais...
    No entanto, muitos carregam dores dessas
    profundas e silenciosas.
    Um poema emocionante e formalmente admirável.
    Beijinho, Amiga.
    ~~~~~~~~

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails