quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ansiedade



Refém de si,

Muita informação,

Excesso de tudo...


8 comentários:

  1. Verdade isso! E como ela nos pega...bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Rosélia, boa tarde...um ponto muito importante isso, muita informação/excesso gera muita ansiedade, pelo simples fato- subjetivo- que ainda Não reconhecemos/entendemos que nem tudo precisa ser motivo de preocupação o tempo todo.Obrigado pelo carinho,belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite!
    Antes de qualquer coisa, muito obrigado pela chegada lá no Index Libro. Gostaria de ler seu parecer sobre os artigos.
    Realmente, se vive num mundo de excessos. O próprio Edgard Alan Poe já alertava para a gigantesca quantidade de publicações que gerava ansiedade, fazendo-o perder horas garimpando livros realmente úteis. Costumo dizer que para todo excesso existe a exceção, basta focá-la e já era ansiedade. Um fraterno abraço. Jaime

    ResponderExcluir
  4. Informação demais cega, emburrece, pois nos priva do desejo da pesquisa, da curiosidade, da busca.

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosélia,
    Cheia de tudo,é assim que muitas vezes me sinto.A ansiedade só piora as coisas,tento encontrar simplicidade e me controlar mas não é tarefa fácil.
    Sigo na fé,um dia consigo.
    Abraço,fica com Deus =)

    ResponderExcluir
  6. A ansiedade moderna é galopante, ainda bem que temos Deus p lançar sobre Ele todo medo e conflito...
    Bonito poema...
    Obrigada pelas visitas por lá... Bjs

    ResponderExcluir
  7. E como temos sido esmagados com informações de todo tipo a toda hora!
    Onde vamos parar? e a tecnologia global que nos sufoca e nos vicia ?
    Bom que reflitamos a tempo, Se houver!
    abraços Roselia querida.

    ResponderExcluir
  8. Verdade nos deixa sufocada. Hoje posso menos tempo conectada e procuro ler e costurar mais!
    Beijos
    Amara

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails