terça-feira, 27 de maio de 2014

Meu Salmo (XXXV)


Minha força, meu refrigério e proteção
Recolhes cada lágrima minha em seu odre
Do Senhor recebo a força de um touro
Ele é o meu Pai, me gerou
Me fez e me sustenta
Guarda-me como a pupila dos seus olhos
Cumpro os meus votos que fiz ao Altíssimo
O Senhor me deixa a lembrança das suas grandes maravilhas.

Um comentário:

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails