sexta-feira, 12 de junho de 2015

MINHA PRINCESA INTERIOR - republicado


Tive que ter coragem,
E, para enfrentar a vida,
Revesti-me de armaduras.
Sou bem nascida,
Independente de maldições 
A mim jogadas
Saí vitoriosa de tudo 
E de todos 
Que fizeram-me mal.
Sendo muito curiosa,
Dinâmica a não poder mais,
Preciso saber sempre mais,
Sempre ocupada estou
Distraio-me com coisas interessantes,
Sou afetuosa e romântica.
Quando perdi-me na floresta da vida,
Uma casinha de anões aparecia
Para salvar-me.
Sou muito viva,
Com características muito fortes,
Procuro esmero no que faço,
Ser rainha de mim mesma.
Sempre tive uma fadinha
Por perto...
Meu sapatinho de cristal
Sempre a brilhar
Pois sou humana, de certo.
Gosto muito de bons modos,
Gentilezas e delicadezas.
Procuro sabedoria
Em cada canto da minha floresta interna.
Esforço-me para conseguir o que quero,
Mas procuro manter a ética.
Rompo barreiras,
Apesar de ter vivido na torre,
Como a Rapunzel,
Curto a solidão,
Sonho com as estrelas...


Há 42 anos fui mãe pela primeira vez... de um lindo princepezinho...
Depois, há 37, de outro...
Mais tarde, há 28, de uma princesinha...




6 comentários:

  1. Lindo,lindo,Rosélia! Gostei de como te descreves! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Temos que ser fortes para enfrentar os percalços da vida. Uma beleza de poema.
    Abração.

    ResponderExcluir
  3. Roselia,linda demais essa princesa! E parabéns aos seu principezinho! bjs,

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga! Passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações.

    Beijos e muita paz para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  5. Lindo Rosélia, as princesas são frágeis,mas nem tanto!Parabéns ao seu principezinho!
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  6. Honradamente, venceu desafios e cuidou dos preciosos herdeiros. Seus versos mostram caminhos percorridos com sabedoria. Bjs.

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails