quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Alma (III)


Sou especial, única.
Há um vasto horizonte para mim.
Uma riqueza de possibilidades...
Minha alma, floresce!
Alma colorida, faze-me voar!
Concede-me virtude,
Capacita-me para a arte da vida!
Meu tesouro, estimula-me!
Riqueza minha, explora o meu potencial!
Desafia-me e faze-me avançar,
Sou preciosa e única...
E tu?
És um brilho divino para mim.



6 comentários:

  1. Somos únicas, Deus nos fez únicas.
    Lindo poema querida amiga, beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  2. Lindo,Rosélia e parabéns pelos 400!Que venham sempre mais! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Não há dois seres iguais. Deus nos fez diferentes e com todas as ferramentas para nos desenvolvermos, independente das características físicas e de alguns aparentes senões. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia! Pura inspiração divina...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Rosélia:
    Somos seres singulares, cada qual com seu brilho e capacidade.
    E é na troca de delicadezas, que a gente vai compartilhando carinho.
    Quanto ao post de domingo, tive dificuldade para entender o funcionamento do link que permite aos participantes adicionarem seus respectivos blogs.
    Provavelmente, vou soltar o post no feriado.
    Mas venho te avisar, ok.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
  6. Olá Rosélia.
    Somos seres únicos, cada um tem a sua beleza interior e a sua capacidade de amar e vamos por ai tentando plantar um belo jardim, onde todos possam colher flores e descansar na sombra...Lindo poema minha amiga.Parabéns por tão lindo Dom.
    Beijos com carinho
    Marilene

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails