quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

OBEDIÊNCIA



Embora sendo Deus,
Não faz exigência alguma,
Despoja-se de si mesmo,
E fica como nós,
Humilhado,
Obediente,
Dando até a própria vida.
Eu exalto-O,
O distingo dos demais,
Dobro meu joelho,
Proclamo o seu Senhorio sobre mim.

2 comentários:

  1. Assim age quem confia, quem sabe estar Ele acima de tudo, com bondade e perdão. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida
    Nunca devemos esquecer que Deus morreu por nós.
    Adorei a lua e o sol ( continuando o toque poético ):
    Durma com ideias - Acorde com atitudes - AME COM TERNURA.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails