domingo, 12 de agosto de 2012

Desertos x deserto (III)


Escorpiões mortais,
Veneno de acusações,
Veneno de justificações,
Conflito,
Tédio,
Alteridade,
O outro irredutível,
Diferenciação...
Carências,
Complacências,
Reivindicações,
Frustrações,
Oásis: um verdadeiro encontro
De duas liberdades...
Regressões fusionais,
Impasses,
Separações...
Aliança!!!
Resfriamento da pulsão,
Monotonia...
Desertos de areia,
Desertos das ampulhetas...

7 comentários:

  1. Schöne Zeilen mit aufzeigen der Gefahren die uns umgeben...

    Lieben Gruß und Sonne im Herzen
    CL

    ResponderExcluir
  2. Olá Rosélia,lindo! Passando para desejar uma semaninha cheia de alegria e paz!!
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  3. Entre os nós dos conflitos pessoais fazemos nossa catarse.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  4. QUE POEMA PROFUNDO COLEGA... É NOTÁVEL A GRANDE QUANTIDADE DE DIFERENTES SENTIMENTOS DISPOSTOS EM CADA LINHA. MUITO BACANA!
    TENHA UMA LINDA NOVA SEMANA, CARA ROSÉLIA! :)

    ResponderExcluir
  5. Roselia, você tem um poetar marcante, forte e ímpar.
    Gostei muito dessa poesia.
    Parabéns!
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  6. Oi minha querida...
    Vim deixar um carinho...
    Gosto de te ler...
    Bom dia...
    bjs.

    ResponderExcluir
  7. Todos esses venenos tem como antídoto o amor.
    Belo texto.
    Abs e boa semana.

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails