sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CAMINHO SURPREENDENTE




Caminhar,
É dissolver dissabores,
Melancolias,
Enxertar alívios,
Ao inconsolável revés mortal...
Se corações não encontrados... ainda que muito amados...
O caminhar é sem fim,
E surpreendente!
Observo infantes,
É percebo possibilidade de vida nova,
É uma alternativa de novo percurso.
"Cada criança que nasce é a prova de que Deus ainda não está desanimado com os homens".
Vida breve,
Vida longa,
Sou indiferente,
É a questão latente,
Em meu pobre coração ardente,
Que fez-se dormente e solitário,
Repentinamente...



2 comentários:

  1. Olá,Rosélia!!

    Que lindo querida!!!O importante é caminharmos sempre, com fé na vida, com fé em Deus!
    Bela participação!!
    beijos pra ti!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. MINHA QUERIDA!

    Muito obrigada pelas palavras deixadas em meu cantinho as quais deram um grande animo ao meu dia!Muito obrigada pelo carinho,viu?E que no decorrer do novo ano nossa amizade por aqui cresça ainda mais!
    Temos vestígios de uma dor em comum mas que Deus amenize e nos abençoe ricamente!

    Lhe desejo um lindo e feliz natal com muita paz no coraçao!

    Beijos,amada!

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails