segunda-feira, 4 de abril de 2011

HOSPEDAGEM SAGRADA


HOSPEDAGEM SAGRADA

.

Em algum lugar, numa Fazenda

palhoças

Em torno, alpendres e tendas

E, de um velho casarão, varanda.

A viajante cansada e terna

Se alivia da cidade grande

Lá encontra a bênção fraterna

E, a qualquer hora, a hospitalidade.

Dia e noite de luar

Numa rede a divagar

Ou numa cadeira a balançar

Recebe a paz em profusão

Distende o coração!

O coco verde,

O cantar do galo,

maritaca que, sem cerimônia,

Alegra o lar.

Não fossem os doces a engordar...

É quase hospedagem sagrada

A riqueza da bondade a alinhar-se

É, pouco a pouco, desvendar

Mais um altar!

Há como não ficar extasiada?








13 comentários:

  1. Adoreiiiii... que leve e encantadora poesia querida...que benção poder ficar, mesmo que só por alguns dias, num lugar de tanta paz, como voce diz, como um altar.
    Minha querida tenha uma feliz semana...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Quando o poema entra em sintonia com o nosso momento, o que é belo torna-se maravilhoso! Bjs minha querida e que todas essas sensações se eternizem!! Bjs e obrigada pelo carinho no Solidão de Alma.

    ResponderExcluir
  3. Nossa...que belissimo texto...fiquei encantada lendo...parabéns!!!

    bjos...

    ResponderExcluir
  4. Um lugar sagrado para o corpo e a alma.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Minha querida

    Um poema lindo e cheio de ternura, adorei e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Um tempinho no "mato" te fez muito bem Rosélia.
    Adorei!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  7. oieeeeeeee

    Passando para te contar uma novidade. Tem selinho para vc no endereço abaixo:

    http://aspalavrasquemedefinem.blogspot.com/2011/04/selinho-este-blog-e-apaixonante.html

    Beijooooooooooooos

    ResponderExcluir
  8. Isso me faz lembrar a vida no sítio. Ainda existe essa hospedagem, essa camaradagem...esse receber em casa. Coisa gostosa de viver!

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Muito boa essa paz da roça, né Rosélia? Eu vivo na roça, sei bem o que é isso...beijos,

    ResponderExcluir
  10. Que delícia de texto, Rosélia! A gente lê e fica imaginando o cenário!
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  11. a simplicidade da vida nos faz mnater alegre o coração.

    visite:www.letrinhascombinadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. A poesia também um altar sagrado que fazemos para orar!


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  13. Estou passando hoje aqui e pedindo mil desculpas. Mas estou aqui só pra te convidar a ir ao Amadeirado pegar o selinho comemorativo dos 200 seguidores e fico feliz por vc fazer parte deste time. Te espero lá! O selo é a imagem da última postagem de hoje.
    Beijos e um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir

Deixe seu toque poético aqui.

Related Posts with Thumbnails